rss
email
twitter
facebook

domingo, 18 de julho de 2010

Simplicidade


Questionado sobre a real importância da simplicidade na vida de alguém, mestre Satoru, aproveitando a refeição matutina, travou com um aprendiz o seguinte diálogo:

__Como está a tigela que utiliza neste momento?

__Cheia de arroz... __ respondeu, o discípulo.

__Descreva-a para mim.

__Ela é feita de madeira, pintada com a cor preta... possui adornos dourados... É tudo que posso dizer no momento, sem derrubar o alimento...

__E esta outra? __ continuou Satoru.

__Vazia.

__Examine-a mais de perto...

O aprendiz tomou fácil em suas mãos a tigela e observou-a, detidamente, por todos os ângulos.

__O que percebe?

__Vejo, agora, com mais clareza, aqueles mesmos ornamentos... mas, observo também, no seu interior, ranhuras, marcas do tempo, pintura gasta, imperfeições decorrentes de uma manufatura apressada e mossas, devido ao manuseio descuidado de alguém...

Satoru sensei, sereno, esboçou um sorriso, quedou em silêncio e comeu os últimos três grãos em sua tigela.

1 vozes:

Tainá Holanda disse...

a filosofia oriental é tão sábia...

Postar um comentário